Os cristãos podem fumar?

os cristãos podem fumar

Recebi esta pergunta recentemente que requer uma reflexão sincera e honesta sobre uma questão delicada, como é fumar. Conheci muitos pastores que eram homens de Deus os quais fumavam. Também, encontramos na história heróis da fé que fumavam durante sua vida. Diante disto, surge a pergunta se um cristão pode fumar.

A primeira coisa que devemos saber sobre essa questão é que as Escrituras Sagradas não tratam especificamente deste assunto. Não encontrará nenhum texto bíblico que fale “Você não pode fumar”. Uma vez esclarecido este ponto, existem várias questões que devemos considerar sobre este tema. Aqui encontrará algumas pontos para se pensar quando o assunto é fumar e fumantes.

Em muitos países (incluído o Brasil) não é permitido comprar cigarros quando se tem menos de 18 anos. As Escrituras são claras sobre a importância dos cristãos obedecer às leis (Romanos 13:1). Por este motivo, se você tem menos de 18 anos e é cristão, você não deve fumar. Talvez, possa parecer um argumento fraco, contudo existe um princípio fundamental quando obedecemos as leis, compreendemos que o Senhor é soberano sobre todas as coisas. Obedecer as leis de um país, quando não são contrárias as Escrituras, forma parte do nosso chamado como discípulos de Cristo.

Outro ponto a ser considerado seriamente, é o simples fato de que o cigarro é viciante, e muitos tem grandes dificuldades de largar o tabaco por causa disso. Isto nos leva a considerar as palavras do Apóstolo Paulo, “mas eu não deixarei que nada me domine” (1 Coríntios 6:12). O cigarro nos domina muito mais do que percebemos, por isso fumar entra em conflito com a liberdade que temos em Cristo.
“Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.” I Coríntios 6:12
Seguir Jesus envolve viver inteiramente para o Senhor e pela causa do evangelho (Marcos 8:34-35). Isso significa que os cristãos devem seguir o exemplo de Cristo, como os discípulos. Jesus não permitiu que nada tomasse sua atenção e desejo da vontade de buscar ao Pai. Aqueles que fumam, tem um desejo intenso para poder consumir um cigarro. Sem esquecer das causas terríveis que o fumo tem para a saúde pessoal e daqueles que estão perto. Fumar diminui a expectativa de vida da pessoa. Fumar é seriamente prejudicial para a saúde. Existem provas mais que suficientes que mostram o dano causado pelo cigarro aos pulmões e freqüentemente ao coração.
“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” (I Coríntios 6:19-20).
Um amigo meu me escreveu estas palavras, "Fumar é semelhante a outros vícios condenados pela Bíblia. Alguns defendem o uso do tabaco apoiando-se no fato da Bíblia não condenar diretamente o tabaco. Mas é óbvio que as listas de pecados condenados presentes na Bíblia não são exaustivas. Se o tabaco não é mencionado, pode ser porque não era um problema na época como é hoje. Em uma de suas listas, Paulo diz o seguinte: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são (…) bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas“ (Gálatas 5.19, 21). Não vejo dificuldade alguma em comparar o vício do tabaco com, por exemplo, as glutonarias e bebedices citadas por Paulo. São muito semelhantes. Certamente esse vício do tabaco pode ser encaixado em “coisas semelhantes a essas” se considerarmos todo o contexto que trabalhamos acima." Este pensamento tem sua consistência exatamente, porque nos ajuda a perceber que ainda quando a Bíblia nos fala diretamente de fumar, o princípio existe na Palavra de Deus.

Além disso, o cigarro também pode ser causa de ofensa algumas pessoas (1 Coríntios 10:32-33) e, também, é considerado um problema social por causa do mal-estar que causa aqueles perto do fumante.

Uma vez dito isto, não devemos esquecer que Deus ama todas as pessoas da mesma forma e que nós somos chamados para fazer isso também, seguindo o exemplo de Cristo. Portanto, temos que aprender a tratar aos fumantes com igual respeito e amor que aos não fumantes, e recebê-los em nossas igrejas como qualquer outra pessoa.

Temos que ser pacientes com aqueles irmãos que ainda não têm sido capazes de abandonar o vício do tabaco, e ajudar-los abandonar tal prática para adquirir um estilo de vida mais saudável e livre de vícios que controlam nossa vida.

A igreja deve acolher sim e, também, deve orientar de forma adequada sobre esta questão. Ao mesmo tempo, o fumante deverá perceber o prejuízo doo cigarro na sua vida e na vida dos outros, sendo este o primeiro passo para abandonar uma vez e para sempre tal vício.

Se você é um fumante, me permita que te faça algumas perguntas que encontre no site "gotquestions.org":
  • Pode o fumar ser considerado “benéfico” (I Coríntios 6:12)?
  • Pode-se dizer que fumar é verdadeiramente “honrar a Deus com seu corpo” (I Coríntios 6:20)?
  • Pode uma pessoa honestamente fumar “para a glória de Deus” (I Coríntios 10:31)?
Tenho que concordar com a resposta deles, "Cremos que a resposta a estas três perguntas é um grande e redondo “não”. Como resultado, cremos que fumar é um pecado, não devendo então ser praticado pelos seguidores de Jesus Cristo."

Por este motivo, te convido a considerar os benefícios que tera para ti e tua família, se você consegue abandonar o tabaco nos próximos dias. Não estou falando somente de saúde, mas também econômicos e pessoais.



2 comentários:

  1. prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo.

    ResponderExcluir
  2. O NÚMERO DE FUMANTES CAIU VERTICALMENTE NOS ÚLTIMOS 30 ANOS. NUMA TURMA DE 30 ALUNOS DOS MEUS CURSOS, DE 1/3 ATÉ 1/2 DUS ALUNOS ERAM FUMANTES. HOJE, 1, NO MÁXIMO 2 ALUNOS FUMAM! HÁ UM GRANDE ESFORÇO DAS COMPANHIAS DE CIGARROS PARA RECUPERAR FUMANTES E TÊM USADO TODO TIPO DE PROPAGANDA. SERÁ QUE ESSA CONVERSAS SOBRE CRISTÃOS SEREM OU NÃO FUMANTES NÃO É PROPAGANDA?

    ResponderExcluir