Os Preceitos da Vida Cristã


Os 10 Mandamentos, que se encontram em Êxodos 20, e são repetidos em Deuteronômio 5, os quais são mencionados frequentemente pelo próprio Jesus (Mateus 5,15-17; Mateus 15,3-6; Mateus 19,17; Mateus 22,37; Marcos 10,19; Marcos 12,29-31), nos ensinam nossas responsabilidades para com Deus e os homens.

Tenha a certeza de que cada responsabilidade e obrigação que o homem deve a Deus ou ao seu próximo, surge e se encontra, declarada ou ensinada, em alguma porção dos Mandamentos de Deus.

Jesus Cristo, nosso Senhor, nos ensina que um verdadeiro espírito de amor cristão é necessário para o cumprimento justo destes mandamentos, e que a possessão deste amor certamente levará os homens a manter os mesmos (Marcos 12,29-34; Mateus 22,37-40; Mateus 7,12), já que “o amor é o cumprimento da lei” (Romanos 13,8-10; Gálatas 5,14; Colossenses 3,14; 1 Timóteo 1,5; Tiago 2,8).

Aqueles mandamentos que são popularmente conhecidos como os grandes mandamentos de Cristo (Mateus 22,27-40), realmente não são só de Cristo. Se encontram na Lei de Deus (veja Deuteronômio 6,5 e Levítico 19,18, 34), como um sumário dos Dez Mandamentos. Por isso, Jesus perguntou qual era o maior mandamento, respondendo com tais. Os judeus fiéis repetiam tais mandamentos diariamente, como parte das suas orações.

Tendo o entendimento que os dois grandes mandamentos não abolem os Dez Mandamentos, mas são um sinal para os mesmos, somos capazes de refletir sobre o que o nosso Senhor, Jesus Cristo, espera de nós, como seus discípulos e filhos de Deus.

“Se obedecerdes aos meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. Eu vos tenho dito essas coisas para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja plena. O meu mandamento é este: Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a própria vida pelos seus amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que vos mando...” (João 15,9-17)

Se tomamos o tempo para examinar nossas vidas à luz dos Dez Mandamentos, esta experiência nos ajudará a descobrir áreas e aspectos os quais devemos reconsiderar na nossa vida, e, deste modo, nos ajudará a ter uma vida de oração pessoal que seja transformada pelos preceitos de Deus.

Aproveitemos os mandamentos de Deus, façamos uso dos mesmos e tentemos fazer deles tanto o guia e o teste da nossa caminhada com Cristo e com os nossos irmãos.


Um comentário:

  1. Olá conheci seu blog através de uma amiga e irmã.
    Suas postagens são interessantes e esclarecedoras.
    Continue nesta missão, pois a recompensa é grande!

    A propósito se ainda não estiver seguindo o meu blog, deixo aqui o convite:
    http://frutodoespirito9.blogspot.com/
    ─╔╗╦╔╗╔╗──╦╗╔═──╗╔╔╗╦╔╦╗╔╗─
    ─╚╗║║╦║║──║║╠═──║║║║║─║─╠╣─
    ─╚╝╩╚╝╚╝──╩╝╚═──╚╝╚╝╚═╚─╝╩─

    Que Deus te abençoe e te guarde!

    P.S. Recomendo o blog do irmão J.C. de Araújo, mensagens atuais e polêmicas...
    http://discipulodecristo7.blogspot.com/

    Em Cristo,
    ***Lucy****

    ResponderExcluir