A Estratégia do Inimigo e sua eficácia através dos séculos

Através dos séculos, sempre tem existido duas áreas que têm sido atacadas pelo nosso inimigo, como uma estratégia que tem se mostrado efetiva contra o Reino de Deus na terra. Toda estratégia se desenvolve a partir do simples fato de que a Igreja tem certas fraquezas. As mesmas tem sido mostradas ao largo dos séculos.

A primeira tem sido negar uma das naturezas de Jesus Cristo, ou inclusive sua própria existência. A partir disto, encontramos todo tipo de heresias e erros surgindo na Igreja. Alguns acreditam em Jesus Cristo, como Salvador, mas esquecem que Ele é também Senhor. Alguns enfatizam que Ele é Senhor, mas esquecem que Ele é o nosso Amigo, também. John Stott fala extensamente sobre a imagem errada que as pessoas têm tido de Jesus Cristo através dos tempos. Recomendo a leitura do seu livro, “OUÇA O ESPIRITO, OUÇA O MUNDO” (Editora Ultimato).

Algumas das heresias que a Igreja primitiva teve que enfrentar estavam relacionadas à pessoa de Jesus Cristo, mas não somente naquele tempo a Igreja de Cristo tinha tais heresias (Gnósticos, Sabelianos, Arianismo, Nestorianos, Monofisitas, entre outras muitas). Hoje em dia, encontramos estes erros presentes no nosso meio em seitas, como Testemunhas de Jeová, os Mórmons ou a Igreja de Deus Unida, entre outras.

Outra estratégia de satanás na sua batalha contra o povo de Deus tem sido promover a idéia de que a Bíblia não é a Palavra de Deus verdadeira, viva e inerente, tentando de uma forma ou outra desacreditar a autoridade, verdade e relevância da Palavra de Deus para os dias de hoje.

Isto se pode ver claramente na tentação de Eva (Gênesis 3) e, também, na tentação de Cristo (Mateus 4, Lucas 4). Se observamos, poderemos perceber como satanás altera o significado da Palavra de Deus (veja Gênesis 3.1 e compare com Gênesis 2.16; compare também Mateus 4.6 com Salmos 91.11). Deste modo, Eva caiu no erro que muitos cristãos caem hoje em dia. Terminam por ignorar aquelas partes das Escrituras que não gostam, ou não conhecem, ou adicionam à Bíblia um sentido que a mesma não tem, alterando assim a própria Palavra de Deus.

Se desejamos vencer a satanás e suas estratégias, então devemos estar atentos a sua estratégia, e dedicar-nos à séria leitura das Escrituras diariamente. Se você lê livros cristãos, escuta sermões e canta músicas cristãs, mas não lê e medita na Palavra de Deus escrita, revelada e inspirada; então, se está alimentando com aditivos e não alimentos sólidos.

Minha recomendação sempre será terminar o dia da mesma forma que começa o dia, lendo as Escrituras regularmente.

 1. Compre um diário para anotar aquilo que você está lendo, o que Deus está falando na sua vida, as dúvidas que surgem, e os versos que mais tem falado na sua vida.

 2. Leia de forma sistemática as Escrituras. Eu aconselho começar lendo o Evangelho de João, e seguir pelos outros três evangelhos. Também pode fazer uso do lecionário diário que é uma tabela anual de leituras da Bíblia.

 3. Converse com seus irmãos sobre o que tem lido, e o que você acredita que tais textos significam.

Lembre-se que, às vezes, acreditamos que o texto está dizendo alguma coisa, ou se enfatiza um ensino secundário sendo o principal do texto. Por isso, sempre é importante, conhecer toda a Bíblia, porque outro texto das Escrituras pode dar luz sobre o texto lido. Também precisamos conhecer como tal texto foi entendido por aqueles cristãos que viveram antes de nós, assim temos certeza de que não estaremos adicionando ou extraindo nada do texto sagrado, mas entendendo o mesmo corretamente.

A Deus seja dada toda a glória!!!


0 comentários: