O golpe de estado


Por favor, leia João 19:1-37.

No texto de hoje, encontramos estas palavras, "Está consumado."

Que estava consumado? Será que estava falando de que sua vida tinha chegado seu fim, ou que sua morte tinha chegado?

Na verdade, estava consumado o golpe de estado no reino da escuridão. O ato supremo de amor de Deus (“Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.” (1João 4:9-10)) golpeou com tanta dureza o principe deste mundo que o Reino de Deus entrou nos corações do homem. Talvez, ainda não seja visto na sua plenitude, mas está diante de nós, se observamos as sinais.

Temos recebido autoridade para governar toda a terra, nos libertou da escravidão do pecado, nos faz novas criaturas e nos deu um novo coração, a criação é agora levada na liberdade gloriosa dos filhos de Deus (Romanos 8.21).

A revolução começou. A insurreição foi organizada com o nome de "Igreja." Nossas armas são a proclamação do evangelho do Reino, e o anuncio que o golpe de estado foi bem-sucedido. Ele está sendo   anunciando na terra e no céus (vejam Efesios 3.7-10).

Hoje, comemoramos a Sexta-feira Santa e lembramos do sacrificio de Cristo na Cruz por nós e nossos pecados, mas isto trouxe a vitória e abriu o Tempo do Reino, ou tempo da Trindade.

Por isso, enquanto refletimos na dor que tem causado nossas vidas fugazes e nossos pecados nas nossas vidas, e a vida das pessoas ao nosso redor, sejamos conscientes que é nossa incapacidade de ser como Jesus, o perfeito exemplo de vida, que tem produzido tantas guerras, conflitos e mortes.

Hoje, observamos o Cristo crucificado, devemos considerar se seremos parte da insurreição ou parte da quinta coluna de satanás, porque um dia, no tempo de Deus, a insurreição será completada, o governo será sobre Ele na plenitude (Isaías 9:6ff), e Deus será tudo em tudo.

A meditação da cruz do calvario hoje, reflete sobre as últimas palavras de Jesus que nos falou a cada um de nós e a todo o universo.

+

0 comentários: