Cansado de ter sempre uma opinião?


Se o leitor deste blog tem percebido, ou talvez não, tenho tido um tempo sem escrever nada. Tem sido propositado tal decisão. Vivemos em um momento onde parece que as pessoas tem uma urgente necessidade de compartilhar suas opiniões sobre tudo o que acontece ao redor dela. Não precisam ter informação detalhada, nem correta, nem pensar por um instante, simplesmente escrevem sem pensar aquilo que estão dizendo.

Tenho tentando separar-me dessa necessidade urgente de ter opinião sobre tudo. Essa prisão da mente imposta pelas redes sociais. Percebi a urgência de tomar tempo para refletir sobre as pequenas coisas do dia a dia, e assim também das grandes noções da vida. Estou cansado da mente daqueles que desejam nos impor um modo de pensar sobre a vida. Se Jesus me fez livre para ser um discípulo de Cristo, porque precisaria acabar sendo oprimidos por sistemas impostos pela massa social.

Quando comece a escrever este blog, um dos objetivos era escrever textos os quais continuaria aceitando o conteúdo dos mesmos anos depois. Nem sei as opiniões dos meus amigos que mudariam com o tempo, porque o tempo nos ajuda a ver a realidade de uma forma mais ampla, e menos minimalista.

Não tenho todas as respostas, nem pretendo ter as mesmas. Na verdade, nem sou tão inteligente assim. Percebi já faz muito tempo das muitas limitações e incapacidades existentes em mim. E descobrir a liberdade que existe nesse simples fato da vida.

Nem sei se faz sentido.

Se deseja um conselho, caro leitor; tomei um tempo para pensar e não tentei sempre ter uma opinião, não seja que com o tempo sua opinião tenha convencido a seguir um caminho o qual você hoje se sente envergonhado do mesmo.

Enquanto a mim, estou tentando refletir e aprender sobre o estilo de vida de Jesus. E sei que ainda sou um aprendiz tentando compreender as coisas mais simples da vida, imaginei como ficou longe daquelas que sou mais complexas.

Deus nos ajudei a crescer no conhecimento e na verdade, e, sobretudo, a viver de forma real nossa vida, como filho de Deus.

+

0 comentários: