Brigas geradas


As divergências teológicas são inevitáveis. Isso acontece em todas as religiões, e o Cristianismo não é diferente nesse respeito. As pessoas caídas sempre achar que é difícil concordar em tudo. A questão é: como é que vamos lidar com essas divergências?

O apóstolo Paulo disse a Timóteo que aqueles que se opunham a ele que deviam ser instruídos com mansidão (2 Timóteo 2). E Paulo sabia algumas coisas sobre argumentos teológicos! Veja como as Homilias Anglicanas falar sobre isso, com base em alguns dos própria experiência de Paulo...
"Este dia (bons cristãos) será declarada a ti a inutilidade e vergonhosa desonestidade da discórdia, contenda, e debate; com a intenção de que, quando você veja (por assim dizer, em uma cena pintada diante de seus olhos) a deformidade deste vício detestável que de tal modo tende para o mal, os seus estômagos possam ser movidos para levantar-se contra ele, e detestar e abominar este pecado que deve ser odiado de tal maneira, e tão pernicioso e prejudicial para todos. 
Mas entre todos os tipos de disputa, nenhum é mais doloroso do que é a contenda em matéria de religião. "E rejeita as questões tolas e inúteis, sabendo que geram discussões. Ao servo do Senhor não convém discutir, mas, pelo contrário, deve ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente” (2 Timóteo 2:23-24). No tempo de São Paulo havia tanta disputa e conflitos entre os Coríntios, como é, neste momento, entre nós Ingleses. Porque há muitas pessoas, em tavernas ou em outros lugares, que se deleitam a propor certas questões, não tanto referentes a edificação como a vaidade e ostentação. E, assim de forma pouco sóbria, eles raciocinam e contestam que, quando nenhuma das partes vai dar lugar para a outra, eles caem repreendendo e em contenda, e às vezes das palavras quentes para mais inconvenientes. 
São Paulo não podia suportar ouvir entre os Coríntios estas palavras de discórdia ou dissensão, “‘Eu sou de Paulo", ou "eu de Apolo", ou "eu sigo Cefas'" (1 Coríntios 1:12). O que ele diria então se ele ouvisse estas palavras de contenda (que estão agora em boca de quase todo o mundo), “Ele é um fariseu; ele é um pregador zeloso; ele é do novo tipo; Ele é da velha fé; ele é um irmão recém-abordado; ele é um bom pai católico; ele é um papista; ele é um herege.” Oh como a igreja está dividida! Oh como as cidades são cortadas e mutiladas! Oh, como a capa de Cristo, que era sem costura, está toda alugada e rasgada!””
Autor: Rev. Dr. Leee Gastiss, Diretor de Church Society.
Artigo publicado o dia 22 de Março de 2016, no site da Church Society: http://churchsociety.org/blog/entry/breeding_quarrels


NOTA DO EDITOR, clique na imagem para conhecer mais sobre os livros de Homílias da Igreja da Inglaterra.


0 comentários: