O PLANO ORIGINAL DE DEUS PARA O MATRIMÔNIO


Leitura Bíblia: Mateus 19:1-12

Os fariseus sempre tentavam desacreditar Jesus. As Escrituras nos mostram que a intenção deles era "testá-lo." O Senhor aproveitou tal situação para ensinar sobre o plano de Deus para o casamento. A pergunta deles era se existia algum motivo pelo qual um homem podia se divorciar de sua esposa. A resposta de Jesus nos leva de volta ao início. Ele mostrou o plano antes da queda.

- No inicio, o plano de Deus era um homem e uma mulher (v. 4).

- Não era para pessoas do mesmo sexo (v.4)

- O homem se unia à sua esposa (v.5).

- O divórcio não era permitido (v.6).

Quando Jesus explica o motivo pelo qual Moises permitiu o divórcio, foi pela dureza do seu coração. Isto nos leva a perceber a importância do perdão no casamento e na vida. Toma um momento e observa onde estás e o que estás fazendo; é o plano original de Deus para ti desde o início.

ORAÇÃO

Amado Senhor, por favor me leva de volta ao Teu plano original para minha vida.

2 comentários:

  1. Gratia et pax, Bispo Rossello.
    O que o senhor acha de divórcio ser permitido em caso de adultério? Além disso, o anglicanismo não vê o casamento como sacramento, correto? Então se um descrente se converter e já for divorciado, ele deveria permanecer solteiro?

    Saudações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suas perguntas são muito relevantes aos dias de hoje, Daniel. Existem muitas situações que requerem nossa consideração.

      O Anglicanismo não tem o casamento, como sacramento. Ele é considerado um ato (ou rito) sacramental, o que comúnmente se diz um sacramento da igreja, que não um sacramento do Senhor.

      Um fato real é que o Matrimonio é uma aliança. Se esta aliança é quebrada, existe a possibilidade de divorcio. Isto se faz evidente nos textos do Novo Testamento. Os dois motivos é abandono e traição. Todo indica que a parte inocente possa casar, já que a parte culpada tem roto com a aliança do Matrimonio.

      Sua última pergunta seria considerada em uma primeira instancia sendo que essa pessoa poderia casar de novo. Contudo sempre devemos ser muito cuidadoso a responder de forma apressurada diante do mundo em que nos há tocado viver. Qualquer caso de separação, divorcio ou casamento, tem que ser acompanhado e seguir os ensinos bíblicos.

      Infelizmente, aqui não existe o espaço suficiente para entrar em detalhe sobre todas as questões relacionadas a esta questão. E somente posso dar uma pincelada.

      Excluir