Brilhante para o seu filho



"Portanto, com o entendimento pronto para entrar em ação tende autocontrole e esperai inteiramente na graça que vos é oferecida na revelação de Jesus Cristo" (1 Pe. 1:13).

O Evangelho de Cristo é um evangelho de vida, e vida plena, não somente para você e para mim, também para as nações. O evangelho deve transformar o país, como os cidadãos desse país são transformados pelo evangelho. Isto é muito relevante em um contexto onde a maioria dos brasileiros desejamos mudanças.

Falar de transformação, significa falar mudanças profundas na forma de pensar, ser e fazer, também implica quebra de paradigmas. Por isso, transformar uma nação resulta um processo difícil de acontecer, exigindo um sacrifício elevado daqueles que desejam ser obediente a Cristo.

Mesmo no ambiente da família, fortemente movido por interesses comuns, mudanças significativas são difíceis de acontecer. Apenas pequena fração das mudanças que desejamos nas nossas vidas, na família, chegam a ser bem acontecer.

0 comentários:

Educação Cristã no Século 21



Será que as gerações cristãs anteriores estavam mais bem preparadas do que as de hoje? A resposta a esta pergunta está diretamente relacionada com o compromisso dos cristãos em estudar e viver de acordo com a Palavra de Deus.

Para que a Igreja de Cristo esteja melhor preparada para enfrentar os desafios do Século 21, precisa sair do nível da superficialidade e aprofundar-se nas Escrituras.

O maior modelo de professor encontramos em Jesus, o Mestre por excelência.

As técnicas exercidas por Jesus a ensinar as verdades de Deus o tornava um excelente educador. Ele era flexível, contemporâneo, usava situações do dia a dia, diálogos, parábolas, figuras teóricas... O Mestre tinha estratégias para ensinar a todos que o ouviam. Ele era diferente pois tratava o conteúdo das Escrituras e o contextualizava inserindo lições de vida. Com isso Ele conseguia a unidade. Falava para homens, mulheres e crianças de diferente razões sociais e nacionalidades, e todos se maravilhavam, porque falava com autoridade de quem conhecia e vivia as Escrituras.

0 comentários:

A importância do Ensino no Novo Testamento


Analisando o Novo Testamento, nota-se a importância remetida ao ensino dentro da Igreja e se vê o grande valor dele já nas palavras de Cristo, mencionadas em Mateus 28.16-20. Tornando-se um dos deveres da Igreja aqui no Mundo ensinar o povo, isso remonta para a função das pessoas na igreja, no caso, bispos, presbíteros, diáconos, e demais membros - pais e mães especialmente - para ensinar e participar da formação do indivíduo, sendo desta maneira a participação de todos muito importante.

Como diz Leopoldo Heimann:
A Igreja precisa ter e praticar um eficiente e continuado processo de formação espiritual para que o povo de Deus receba conhecimento da Palavra de Deus e tenha habilidade para viver, testemunhar e anunciar a sua Palavra.
A Bíblia é a Palavra de Deus viva em que se encontra tudo o necessário para salvação, sempre lembrando que a Igreja também visa um bom ensino às pessoas, pois é contra o analfabetismo das pessoas. Além da alfabetização secular, a Igreja tem o compromisso de promover a alfabetização religiosa e espiritual, doutrinária e teológica, de “todas as nações”. A própria Bíblia dá testemunho de si mesmo, mostrando a importância do ensino de ser usada para tal.

Na segunda carta a Timóteo 3. 15-16 está escrito: “E, que desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça.” Este relato mostra a função da Bíblia para a formação das pessoas, tanto para a salvação, quanto para a vida secular.

O próprio Jesus dá exemplos e mostra que ensinar é preciso, Jesus é mostrado na Escritura como mestre que ensinava e pregava, Ele ensinava pregando. O que Jesus ensinava e como Ele ensinava o tornam um educador por excelência, o próprio Deus é quem ensina por meio de Jesus. Em Mateus 11.1 tem-se um exemplo, “Ora, tendo acabado Jesus de dar estas instruções a seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles”.

A Bíblia, no Novo Testamento, também aponta para um aspecto importante, a formação de pessoas aptas para ensinar. Exemplos disso podem ser encontrados nas cartas pessoais de I e II Timóteo, elas dão ênfase à sã doutrina, dão um verdadeiro ensinamento das coisas de Deus, como a pessoa deve viver a vida e ser ensinada de acordo com o Evangelho pregado pelos apóstolos, isso sem dúvida se refletiria também numa conduta cristã diante da sociedade.

A formação adequada de pessoas para o ensino é relevante para serem capazes de ensinar, transmitirem as coisas certas e estarem preparadas para aquilo o que iriam fazer. Como está escrito em I Timóteo 4.13, “Até à minha chegada, aplica-te à leitura, à exortação, ao ensino.

Os exemplos bíblicos reforçam a necessidade do ensino e sua importância dentro da igreja para a vida das pessoas. De fato, dentro da Bíblia é mostrado o porquê de se ensinar e manter o ensino às pessoas. Mesmo com poucos exemplos pode-se ter uma noção da dimensão que o ensino abrange dentro da comunidade cristã, mostrando uma Igreja que realmente cumpre a sua função aqui na terra, que é de pregar a Cristo, também cumpra com as funções decorrentes disso, sendo uma delas, ensinar as pessoas.


0 comentários:

A importância do ensino no Antigo Testamento


Se observamos atentamente, há exemplos bíblicos que mostram a importância que a Bíblia dá ao ensino dado ao povo de Deus, que, inclusive, é essencial ao povo. Começando pelo Antigo Testamento, como diz Isaías 54.13, “Todos os teus filhos serão ensinados do Senhor; e será grande a paz de teus filhos.” O ensino é um meio pelo qual Deus conduz o seu povo à ordem, por isso ultrapassa o conceito simples de transmissão de conhecimentos.

Desde o Antigo Testamento, se vê o papel da Igreja e de quem trabalha na Igreja para ensinar e cuidar das pessoas. Além dos pais para criação das crianças, deve-se, por meio da Igreja dar o dever de ensinar os menores a pessoas designadas pela Igreja. Há certas passagens que demonstram essa importância relatada nas Sagradas Escrituras. Deuteronômio 31.9 e os versos seguintes mostram a ordem de Deus para que fossem ensinadas a todas as pessoas as suas Leis. Por isso, pode-se afirmar que a Bíblia dá ênfase ao ensino, mostra que é função da Igreja cuidar do ensino às pessoas ou crianças, além de ser dever dos pais.

0 comentários: