Virada do Ano


Nesta viarada de ano, tomemos um tempo para refletir em algumas verdades bíblicas, e que as Escrituras seja luz aos nossos pês cada dia das nossas vidas:

Viva Esperança

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos regenerou para uma viva esperança, segundo a sua grande misericórdia, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos. (1 Pe 1.3)

Esperança e Futuro

Pois eu bem sei que planos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; planos de prosperidade* e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança. (Jer 29.11)

Uma Nova Criação

Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação; as coisas velhas já passaram, e surgiram coisas novas. (2 Cor 5.17)

Um Novo Coração

Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; eu vos purificarei de todas as vossas impurezas e de todos os vossos ídolos. Também vos darei um coração novo e porei um espírito novo dentro de vós; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei um coração de carne. Também porei o meu Espírito dentro de vós e farei com que andeis nos meus estatutos; e obedecereis aos meus mandamentos e os praticareis. (Ez 36.25-27)

Esquecendo o passado

Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado; mas faço o seguinte: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, 3.14 prossigo para o alvo, pelo prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. (Fp 3.13-14)

Aprendamos dos erros do passado

Pois eles nos disciplinaram durante pouco tempo, como bem lhes parecia, mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para sermos participantes da sua santidade. 12.11 Nenhuma disciplina parece no momento motivo de alegria, mas de tristeza. Depois, porém, produz um fruto pacífico de justiça nos que por ela têm sido exercitados. (Heb 12.10-11)

Esperando no Senhor

Descansa no SENHOR e espera nele; não te aborreças por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do que trama o mal. (Sl 37.7)

mas os que esperam no SENHOR renovarão suas forças; subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; andarão e não se fatigarão. (Is 40.31)

O tempo de Deus é o tempo perfeito

Tudo que ele fez é apropriado ao seu tempo. Também colocou a eternidade no coração do homem; mesmo assim, ele jamais chega a compreender inteiramente o que Deus fez. (Ec 3.11)

Cada Novo Dia é um Dia Novo

A bondade do SENHOR é a razão de não sermos consumidos, as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade. Digo a mim mesmo: A minha herança é o SENHOR, portanto esperarei nele. (Lam 3.22-24)


0 comentários:

Mensagem de Natal 2013

0 comentários:

FELIZ NATAL


Deus Todo-Poderoso, que fizeste que teu bendito Filho fosse circuncidado e obediente à lei pela humanidade, concede-nos a verdadeira circuncisão do Espírito, para que tendo os nossos corações e corpos mortos a todos os desejos pecaminosos, possamos obedecer a tua santa vontade em todas as coisas através do teu Filho Jesus Cristo nosso Senhor. Amém. (COLETA DE NATAL)

Pois o Senhor mesmo vos dará um sinal: A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e ele se chamará Emanuel. (Is. 7.14)

O anjo respondeu: O Espírito Santo virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso aquele que nascerá será santo e será chamado Filho de Deus. (Lc 1.35)

Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi concedido. O governo está sobre os seus ombros, e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz. O seu domínio aumentará, e haverá paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, para estabelecê-lo e firmá-lo em retidão e em justiça, desde agora e para sempre. O zelo do SENHOR dos Exércitos fará isso. (Is 9.6-7)

Mas tu, Belém Efrata, embora sejas pequena entre os milhares de Judá, sairá de ti para mim aquele que reinará sobre Israel, cujas origens são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade. (Mi 5.2)

E um anjo do Senhor apareceu diante deles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor; e ficaram com muito medo. Mas o anjo lhes disse: Não temais, porque vos trago novas de grande alegria para todo o povo; é que hoje, na Cidade de Davi, vos nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E este será o sinal para vós: achareis um menino envolto em panos, deitado em uma manjedoura. Então, de repente, uma grande multidão do exército celestial apareceu junto ao anjo, louvando a Deus e dizendo: Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens a quem ele ama. (Lc 2.9-14)

FELIZ NATAL - BOM NADAL - FELIZ NAVIDAD - MERRY CHRISTMAS

0 comentários:

O Símbolo de Fé da Igreja Anglicana

No século 16, a Convocação da Igreja de Inglaterra e o Parlamento Inglês aprovavam o que seria a partir de 1662 o símbolo de fé Cristã de tal igreja. Do mesmo modo que as igrejas presbiterianas afirmam os três símbolos de fé (Confissão de Fé de Westminster, Catecismo Menor e o Maior de Westminster), as igrejas anglicanas encontram seu Símbolo de Fé no Livro de Oração Comum, 1662.

Talvez por isso os anglicanos debatemos com tanta paixão sobre o Livro de Oração Comum (LOC). Não porque estejamos falando de liturgia, simplesmente, mas porque entendemos que o LOC é muito mais que a ordem de culto, ou um manual do ministro, ele contém a sã doutrina que confessamos como Igreja Cristã.

No LOC, encontramos os três sinais de uma igreja reformada, os quais foram entendidos essenciais pelos Reformadores para que uma igreja pudesse ser considerada como tal. Estes elementos são expressados da seguinte forma no Livro de Oração Comum:

A ORDEM E OS SACRAMENTOS

O LOC provê uma série de ordens de culto para celebrar os sacramentos (Batismo e Ceia do Senhor) e a leitura e pregação diária da Palavra de Deus, como também a ordem para o Batismo, Confirmação, Casamento, e Enterro. Inclusive, contém os Salmos para ser cantados durante o culto e adoração a Deus, como também orações diversas, a Litania e as Leituras Diárias das Sagradas Escrituras.

A DISCIPLINA DA IGREJA

Esta se reflete através do Ordinal. O Ordinal é o termo usado para referir-se à ordem para "Fazer Diáconos, Ordenar Presbíteros, e Sagrar Bispos." Em tais ritos, encontramos ensino sobre as funções a serem desenvolvidos por cada uma das ordens (ministros) da Igreja. Encontrando, inclusive, instrução sobre os requerimentos que os candidatos a tais ordens devem cumprir e o papel a ser desenvolvido pelos mesmos.

A DOUTRINA CRISTÃ

A doutrina cristã se encontra expressada, tanto nos Credos universais, como no Catecismo e os 39 Artigos, que formam parte intrínseca do Livro de Oração Comum. Ao mesmo tempo, não somente se encontra a doutrina e fé Cristã em tais artigos de fé e instrução cristã, mas também se encontram refletidos em todos os aspectos do próprio LOC.

Assim, encontramos que a Igreja de Inglaterra tinha uma vocação claramente reformadora, e participou ativamente na Reforma Protestante. Não em vão, Martin Bucer e Heinrich Bullinger ajudaram na revisão da primeira edição do LOC, desenvolvida pelo arcebispo Tomas Cranmer.

Se deverá afirmar que o Símbolo de Fé do Anglicanismo se encontra no LOC, 1662. E não devemos ter medo de denunciar o erro daqueles, que ainda sendo e chamando-se anglicanos, tem modificado consideravelmente o Livro de Oração Comum, 1662, aceitando práticas, costumes e doutrinas contrárias ao mesmo, como também tem ignorando os 39 Artigos, declarando os mesmos simplesmente um documento histórico.

Devemos considerar o Anglicanismo histórico e clássico aquele que se encontra refletido no Símbolo de Fé da  Igreja de Inglaterra, como tal Igreja continua subscrevendo até os dias de hoje.



1 comentários:

Geração Jovens de Deus


A vida do jovem é marcada pelas fortes paixões. O jovem tem uma capacidade extrema de se apaixonar, seja por pessoas ou por coisas, é o tempo de tomar decisões, fazer escolhas, viver novas experiências, momento único de aventurar-se.


O jovem gosta mesmo é de arriscar-se. Penso que há um certo momento na vida do jovem em que ele não mede as conseqüências, ele simplesmente age e se arrisca. Paro para pensar e avalio que ele em algumas horas não tem termômetro nem medidor de velocidade, deixa-se envolver pela adrenalina, pelo calor, pelo vento que toca o rosto.

É por isso que Deus tem um verdadeiro encanto pela vida do jovem. Não se cansa de fazer convites especiais nesta fase da vida, pois sabe até onde um jovem pode ir quando se envolve em um grande desafio, ele sem dúvidas se entrega.

A palavra mesmo fala “Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes” (1 João 2,14) e ainda “Ninguém te menospreze por seres jovem. De tua parte, procura ser para os que crêem um exemplo, pela palavra, pelo modo de proceder, pelo amor, pela fé, pela castidade” (I Timóteo 4,12). Foi à jovem Maria, de aproximadamente quinze anos, que Ele deu a grande missão de ser a mãe de Jesus. Deus não desconfia de nós, Deus não nos menospreza, Ele acredita no que cada um de nós tem de melhor.

Jovem, Deus quer se unir a todos estes desejos de vitalidade impressos em você, não para extinguí-los, mas para transformá-los, fortalecê-los, utilizá-los no anúncio de Sua presença de amor. Deus quer estar envolvido em nossa juventude.

É maravilhoso, é belo ver um jovem cheio de Deus. Ele não é tímido, é corajoso, é alegre…é vivaz…tem um desejo de envolver outros.

Deus quer se unir a você. Quer selar contigo uma amizade. E você, o que quer viver hoje? Te convido a dizer junto com a Igreja Anglicana Reformada, com milhares de jovens Anglicanos Reformados espalhados pelo mundo: “Queremos Deus”!



0 comentários:

Que está atrapalhando o seu caminhar com Cristo?


Existem coisas na vida que não são pecado, mas atrapalham. Pense em qualquer tipo de corrida. O que pode acontecer se o piloto de uma bicicleta, moto ou carro se desconcentrar por segundos? Ao perder o foco arrisca-se a perder a vida. 

É esta imagem que o autor de Hebreus 12.1 usa: “… depois de eliminar tudo que nos impede de prosseguir e o pecado que nos assedia, corramos com perseverança a corrida que nos está proposta.

Segundo este versículo, dois itens prejudicam o foco da corrida: coisas que nos atrapalham e o pecado. O alerta bíblico deve nos fazer pensar. Existem coisas na vida que não são pecado, mas atrapalham. Quanto ao pecado é simples de admitir que atrapalha, mas coisas que não são pecado podem gerar dúvidas se atrapalham ou não.

0 comentários: