O Povo de Deus e os seus ministros


Todos os membros batizados da Igreja Anglicana Reformada são parte integral da Igreja. Estes podem ser membros em plena comunhão quando decidem voluntariamente fazer uma profissão pública de fé e recebem a oração pela imposição de mãos na cerimônia de Confirmação. Assim, podem participar plenamente da vida da Igreja Anglicana.

O povo de Deus segue a Cristo e obedece os ensinos de Jesus e os Mandamentos de Deus. Assim, os membros da Igreja representam a Cristo e sua Igreja ao mundo, sendo testemunhos onde quer que estejam, conforme os dons que tem recebido do Espírito Santo, e sendo embaixadores de Deus no mundo.

Os membros da Igreja Anglicana participam ativamente na vida, no culto e no governo da igreja. Sem eles, realmente não existe Igreja. A Igreja é o povo de Deus. Por isso, cada um deles é um ministro de Deus onde quer que estejam.

Qual é o papel do povo de Deus na paróquia?

O povo de Deus se congrega para louvar e adorar a Trindade; escutar e aprender as Escrituras; celebrar os sacramentos, e trabalhar, orar e doar para fazer visível o Reino de Deus.

Cada ano, a paróquia celebra uma assembléia onde todos os membros participam para orar juntos, discernir a direção de Deus, aprovar o orçamento, eleger os membros do Conselho Paroquial e os delegados do Sínodo. Também, elegem os Guardiões da Paróquia entre os membros da mesma.

Os Guardiões são oficiais da Igreja que trabalham com o Reitor (pastor principal da paróquia) nas funções da mesma. Suas responsabilidades mudam em cada igreja anglicana.

O Conselho Paroquial é responsável de cuidar da administração das finanças da paróquia e das questões temporais da mesma.

Os membros também trabalham nos mais diversos ministérios, associações, atividades e reuniões da paróquia, ocupando lugares de responsabilidade e coordenando as mesmas.

Qual é o papel do povo de Deus na Igreja?

Os membros elegem delegados leigos em todas as missões e paróquias para participar no Sínodo da Igreja Anglicana. Eles participam como membros com voz e voto. Este Sínodo se reúne sob a presidência do bispo, e está formado tanto pelos ministros ordenados como pelos delegados leigos. O Sínodo tem responsabilidade por muitos aspectos da vida da igreja. Por exemplo, elege o Conselho Permanente; aprova e modifica os Cânones; elege o bispo; aprova o orçamento anual, entre outras coisas.

Como o povo de Deus está envolvido na eleição do ministro da paróquia?

Geralmente, quando uma vacância acontece na paróquia, o Bispo se reúne com os Guardiões da paróquia. O bispo envia um candidato para ser o Reitor da paróquia. Este visita a paróquia um domingo para a conhecer e reunir-se com os Guardiões. Se os Guardiões aceitam o candidato, convocam uma assembléia extraordinária da paróquia com este fim, contando da aprovação do bispo com jurisdição e sendo que tal ministro ordenado tenha aceito a proposta dos Guardiões.

Uma vez o candidato tenha aprovada a nominação pela assembléia local, e contando com a aprovação do bispo, ele mesmo fará a nomeação, sendo instituído como novo reitor e fazendo os votos ao próprio bispo.

Os membros participam da eleição dos bispos?

Com certeza, os membros da igreja anglicana participam ativamente na eleição do bispo, já que este é eleito pelo Sínodo que está formado tanto pelos delegados leigos das paróquias como pelos ministros ordenados.

Nota final: Este folheto trata de forma simplificada de como a Igreja Anglicana está estruturada e administra sua vida em comum. Contudo, recomendamos a leitura dos Cânones para conhecer com mais detalhes o funcionamento da igreja anglicana particular, porque certos aspectos mudam de país a país.

2 comentários:

  1. Não sei se é muito bom o povo eleger os Bispos.
    E se o povo for corrompido e escolher Barrabás?
    É polêmico isso.

    ResponderExcluir