A visão que transforma o mundo


Tem dias que parece que a vida é que nós leva, e não sejamos nós os que estamos no controle da mesma. Quantas vezes tomamos decisões de que este ano vou perder peso, ou vou escrever um livro, ou vou passar mais tempo com os amigos, mas depois percebemos que nada disso tem acontecido.

A vida é breve demais para perder o tempo em coisas que não sejam significantes para um proposito maior, glorificar Deus. Se nosso desejo é glorificar Deus com nossa vida, então posso afirmar que Deus tem um plano perfeito para sua vida. Este plano perfeito é a visão do Reino.

Eu vivi na Inglaterra por quatro anos. Durante este tempo, trabalhei como ajudante do Reitor de uma paroquia da Igreja de Inglaterra em Leeds. Lembrou uma vez que, enquanto esperava ao Rev. John chegar, passei pelo cemitério onde encontre nomes com datas do século 18. Pensei quantos sonhos não realizados se encontravam naquele lugar.
Se desejamos cumprir a missão de Deus nas nossa vida, e, assim, impedir que a vida continue sendo quem defina nossa existência, então precisamos começar a refletir em 4 áreas:

1. Quem somos

Você já pensou quem é você? Existe estudos académicos dedicados a refletir sobre este assunto: antropologia (que estuda quem éramos no passado) e sociologia (quem somos no presente). Talvez, pensei que você é Corintiano, ou você é Brasileiro, mas quem somos não está definido pelo físico, os desejos ou o lugar de nascimento. A nossa identidade, como cristãos, está definida por quem somos em Cristo, ou deveria estar.

Que é você em Cristo? Quais são suas virtudes e seus defeitos? Já tem pedido a Deus transformar seus defeitos? e os seus pecados já tem confessado?

Se somos cristãos, nossa natureza tem sido modificada miraculosamente. Já não estamos presos aos nosso próprios desejos, mas temos no Espírito o poder de fazer a perfeita vontade de Deus.

2. Cresça das virtudes

Conhecer nossas virtudes, não é o mesmo de pensar que temos elas. Isto também acontece quando falamos do chamado, dons espirituais ou ministérios. Muitos acham que estão chamados por Deus a fazer isto ou aquilo, mas a verdade é que isto não é verdade. Deus chama a todos os cristãos, mas os dons e ministérios são diferentes. Também, os ofícios na Igreja.

Ser parte do propósito de Deus, significa aceitar aquilo que Deus tem para nós. As vezes, a opção que se nós apresenta, não é aquela que desejamos. Quando senti o chamado de Deus ao ministério ordenado, eu estive dois anos sem aceitar esta opção. Todos, ao meu redor, podiam ver com claridade, mas eu não desejava seguir este caminho marcado por Deus. Só que, afinal, tive que parar de lutar e submeter-me ao senhorio de Cristo. Se falamos que somos cristãos, então não temos nenhuma outra opção que obedecer a Deus.

Portanto, aprendamos nossas virtudes, obedecendo os ensinos de Cristo e seguindo os Mandamentos de Deus, ainda se isto requer morrer a nós mesmos.

3. Cuidado com seu coração

Não existe forma mais rápida de destruir uma vida que envolvesse com escarnecedores, ou pessoas negativas. O próprio salmistas percebeu isto quando escreveu, "Bem-aventurado aquele que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores; pelo contrário, seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita dia e noite" (Salmo 1.1-2).

Me perguntou quantos de nós temos participado da roda dos zombadores. Você já percebeu que os murmuradores aparecem sempre entre os pecados mais terríveis?

No Cristianismo, os fins não justificam os médios. Estamos chamados a uma vida de santidade. Nossas vidas precisam glorificar a Deus. Inclusive, nossas palavras e atitudes devem refletir os padrões dos Mandamentos de Deus e os ensinos de Cristo.

As vezes queremos fazer a coisa certa, mas fazemos da forma errada. Portanto, termina acontecido aquilo que não agrada a Deus. Os nossos atos tem consequências, mas pensamos que os outros são responsáveis pelo que acontece na nossa vida. 

Nosso coração pode terminar machucado com grande facilidade. Mas só Deus pode proteger ele. Por isso, ele nos ensinou em Proverbios 3.5-8, "Confia no SENHOR de todo o coração, e não no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme o SENHOR e desvia-te do mal. Isso te trará saúde ao corpo e vigor aos ossos." 

Todos somos pecadores, por este motivo precisamos da Igreja, dos irmãos, dos ministros e, inclusive, daquelas pessoas que não gostamos. Deus, na sua providencia, usa todas as circunstancias para que sejamos cada dia mais como Cristo, mas seja precavido quando pensa que conhece o caminho certo, porque "O coração é enganoso e incurável, mais que todas as coisas; quem pode conhecê-lo?" (Jeremias 17.9) e "Pois é de dentro do coração dos homens que procedem maus pensamentos, imoralidade sexual, furtos, homicídios, adultérios, cobiça, maldade, engano, libertinagem, inveja, blasfêmia, arrogância e insensatez" (Marcos 7.21-22).

Por este motivo, o salmista afirma com firmeza, "...pelo contrário, seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita dia e noite."

4. Viva como Cristo viveu

Se você só busca a felicidade eterna. Alguma coisa está errada na sua forma de pensar. Me desculpe por afirmar isto. Mas a vida cristã não é uma vida em busca da felicidade. A vida cristã é um encontro com o Rei e uma luta a favor do Reino.

Se seu propósito é realizar os seus desejos, então terminará sendo ferido ou desilusionado. Somente, se estamos disposto a morrer a nós mesmos e Cristo viver em nós que poderemos encontrar a paz e alegria que vem de Deus.

Hoje, seja hora de repensar o que estamos fazendo, ou que acreditamos, ou o que desejamos.

A vida não é justa, nem podemos esperar que seja, mas é a maior das aventuras que podemos viver.

A questão, leitor, é a seguente: que vamos fazer com nossa vida?

As palavras certas, ou publicar no Facebook os mensagens certos, vão fazem que as ações certas sejam levadas a cabo. De fato, eu já vi pessoas postando coisas belas no Facebook ou Orkut, e fazendo o contrário.

Cristo foi, e será sempre, o nosso exemplo perfeito de vida. Sua vida, ensinos, orações e desejos devem ser os nossos.

Nossa vida só vai ter relevância, se está é (trans)formada segundo os parâmetros de Deus Trino.

O desafio e a missão diante de nós, é maior do que podemos pensar. Os companheiros são poucos, e estão cansados. As vozes são muitas ao nosso redor. E, a questão é, que decidiremos hoje?

A vida é bela demais para perder o tempo em coisas que amanha nem lembramos mais, sejamos fieis ao chamado que temos recebido de Cristo e que nossas vidas sejam para a glória e honra de Deus.

+

0 comentários: