domingo, 29 de abril de 2012

Porque não lemos a Bíblia?


Ler a Bíblia deveria ser uma das características mais visíveis dos Cristãos que surgiram na Reforma. De fato, foi este desejo de ler e ensinar as Escrituras, que permitiu uma revolução na educação das pessoas nos países historicamente protestantes. Isto levaria ao desenvolvimento em todas as áreas sociais, econômicas, culturais e cientificas dos países que tem uma herança protestante.

Eu nem sei quantas vezes ouvi falar da importância de ler e estudar as Escrituras desde que me converti há 18 anos.

Lembro que, nos primeiros dias, tentava ler porções longas das Escrituras sem entender muito bem nem o que estava lendo. Porém, o desejo de conhecer mais de Deus, fazia que aquela leitura fosse agradável.

Contudo, chegou um momento em que, sem perceber, algum que outro dia já não lia mais a Bíblia e, finalmente, passavam dias e semanas sem ler as Escrituras. Então, percebia, me sentia mal por isso e voltava, novamente, a ler as Escrituras; infelizmente, pouco depois, me encontrava novamente no mesmo ciclo.

Os motivos são bem diversos, porque isto acontece. Não existe uma solução só, possivelmente existem diversas formas em que podemos superar esta situação. Pessoalmente, encontrei na espiritualidade de Lectio Divina, Leccionário, o Livro de Oração Comum e outros recursos cristãos, que me ajudaram a ter um “menu” bíblico mais saudável. Sem esquecer um fator, meditar a Palavra de Deus escrita é uma disciplina, e esta palavra fala por si só.

Neste artigo, gostaria de ver três motivos bem comuns pelos quais não lemos a Bíblia. A urgência de voltar as Escrituras requer que tomemos seriamente o desafio de conhecer a Palavra e, sobretudo, o Deus da Palavra, porque hoje nos encontramos diante de muitos “pastores” e “mestres” que ensinam as coisas mais diversas e estranhas, e estão ressurgindo muitas das heresias já esquecidas no passado.

1. Motivo: Não temos tempo

Sem nenhuma dúvida, este é o motivo principal pelo qual a maioria de cristãos não leem a Bíblia. Desde o momento que despertamos até que vamos a dormir, aparecem milhes de coisas no nosso caminho para ler as Escrituras. Portanto, percebemos que, infelizmente, não temos tempo para ler as Escrituras. Mas sejamos sérios aqui, realmente não temos tempo?

Todos temos tempo para aquilo que pensamos que precisamos nas nossas vida, seja música, futebol, sair, ir a academia, etc. E, com certeza, temos tempo para fazer aquilo que queremos. Temos tempo para Facebook, internet, TV, e tantas outras coisas. De fato, a vida atual está cheia de decisões e opções. Afinal, é uma questão de prioridades e de decidir (direita ou indiretamente) as coisas as quais estamos dando mais valor e importância na nossa vida.

O que não percebemos, é que quando falamos que não temos tempo; realmente, estamos dizendo que não temos tempo para a Bíblia, porque temos outras coisas mais importantes para fazer. Em outras palavras, se não encontramos tempo para as Escrituras, será que temos tempo para falar com Deus e escutar a voz dEle?

Precisamos ser honestos com nós mesmos. Talvez, esta seja a primeira vez que você se encontre com o fato de que, realmente, Deus não tem sido a prioridade na sua vida. Tem muitas outras coisas que, certamente, são mais importantes para você que Deus. Esta, provavelmente, seja a tragédia da Igreja (leia-se os cristãos) de hoje.

Seja sincero... e busque a Deus. Talvez, você seja um dos fariseus que tanto ouve falar hoje nos blogs cristãos ou, talvez, os seus amigos que não são cristãos ainda.

Ser consequentes, requer uma decisão, determinação e, finalmente, ação. Espero que possa fazer da leitura da Bíblia uma prioridade na sua vida. Se precisa de idéias para ler a Bíblia; por favor, fale comigo.

2. Motivo: Só leio a Bíblia, se faz diferença 

Tem lido a Bíblia e percebe que isso não está fazendo nenhuma diferença na sua vida? Depois de tentar meditar nela, tudo segue igual e não encontra soluções para sua vida?

Infelizmente, ler a Bíblia pensando em você como o centro, realmente não vai dar certo. Não se pode ler a Bíblia, como se fosse um manual para sua vida. Ou um livro de autoajuda ou auto-realização. Inclusive, não é um livro onde você vai encontrar instruções de como deve atuar em cada momento de sua vida e como agir diante de cada situação.

Se você ler a Bíblia com essa intenção, realmente não vai dar certo e não funciona.

A Bíblia não é sobre nós. Não trata sobre nossa vida. A Bíblia é sobre Jesus. Quando pensamos que a Bíblia é a solução a toda as decisões da vida, como um manual de instruções, então, terminamos frustrados quando vemos genealogias, histórias antigas, instruções para sacerdotes e reis, nomes estranhos, sacrifícios e guerra, muita, guerra. Inclusive, tem seções no Novo Testamento que resultam difíceis, e isso que o pastor falou que o NT é mais fácil de ler.

Portanto, sempre terminamos lendo aquelas partes e textos que gostamos mais. Inclusive, tem pessoas que falam este é meu livro favorito da Bíblia. Bem, talvez, precisamos falar menos de nós, e mais de Cristo. Isto vai requerer uma mudança da forma de pensar, agir e atuar.

Transformemos o nosso entendimento de ver a Bíblia como um livro moral a ver a Bíblia como o livro que nos ensina sobre Cristo e o seu povo, a Igreja. Assim, começaremos a desfrutar de conhecer e caminhar de novo com Jesus.

Com certeza, vai ver momentos que voltará a pensar na Bíblia, como um manual. Então, realmente, precisa ler as Escrituras de forma diferente.

Como é ler a Bíblia de outro jeito?

Simplesmente, busque a glória de Deus e a beleza do Senhor. Desse modo, verá a Deus com novos olhos, conhecendo o Senhor mais profundamente e desejando passar mais tempo com Ele. A Trindade será revelada como nunca, através das paginas da Bíblia.

Talvez, não vá acreditar, mas você vai encontrar a Deus, inclusive naqueles textos que anteriormente pareciam difíceis e obscuros. Agora, tenha curiosidade pra conhecer mais sobre o Senhor.

E, enquanto vai lendo mais sobre Jesus e conhecendo a Ele mais profundamente, você será transformado e renovado pelo Espírito Santo, tendo assim vitória sobre muitas áreas da sua vida que, antes, só eram frustração e desespero, porque a Bíblia não fazia nenhuma diferença na sua vida.

Por certo, isto não vai acontecer da noite para o dia. Requer um processo e um tempo para mudar a nossa forma de perceber e entender as coisas. Seja paciente com você mesmo, e firme na sua descoberta de Cristo.

3. Motivo: Esquecemos a graça...

A maioria de nós temos vivido alguma situação familiar como a que vou descrever: estávamos dedicados a ler a Bíblia, gostávamos e estávamos crescendo espiritualmente. Mas alguma coisa aconteceu em algum dia particular, e não lemos a palavra esse dia. Não importa, porque podíamos ler o dia seguinte. Afinal, não queremos ser “religiosos.” Porém, percebemos que um dia, se converte em dois, e dois em uma semana, finalmente tem passado várias semanas sem abrir a Bíblia.

Agora, sentimos uma sensação de culpa. Talvez, porque tinha o alvo de terminar a Bíblia em um ano.

Este sentimento é aquilo oposto ao que sentimos quando lemos a Bíblia e conseguimos alcançar nosso objetivo. Sobretudo, quando lemos vários capítulos de uma vez. Nos sentimos satisfeitos com nós mesmos. De fato, é uma satisfação causada pelo fato de ser capazes de fazer aquilo que acreditamos que é bom. Pensamos, “estou lendo a Bíblia todos os dias, estou crescendo e cada dia sou mais maduro.” Contudo, não percebemos que nosso próprio pensamento está centrado nos nossos sentimentos.

Se somos sinceros com nós mesmos, chegaremos à percepção de que estamos lendo a Bíblia pelos motivos errados. Estamos lendo as Escrituras para agradar a Deus. Isto explica a sensação que se sente no coração e na mente quando você não lê a Bíblia. Ele está dizendo que Deus está descontente com você. E, também, explicaria essa sensação de satisfação quando ler certos capítulos da bíblia.

A solução é aprender a viver pela graça de Deus e reconhecer nossas fraquezas diante do Senhor.

Devemos entender e viver a verdade de que somos amados eternamente e aceitos pelo Pai através de Jesus. Somos parte do seu povo eleito. Jesus é o único motivo pelo qual podemos relacionar-nos e manter uma comunicação com o Pai. Por isso, precisamos caminhar com Jesus cada dia, como um processo natural e saudável... e não como um campeonato de maturidade espiritual.

O fato de ler mais capítulos não vai fazer que você passe do segundo grau para o terceiro grau. Pode ser que tenhamos aprendido certas lições na vida que não são aplicáveis a vida cristã.

Em Genesis 1-2, observamos o prazer de Deus na sua criação e no homem. Deus deseja caminhar conosco e conversar através de Jesus. Principalmente, porque Ele sabe os desafios, lutas e medos que temos nas nossas vidas.

A salvação é, principalmente, salvação do pecado, da morte e das amarras do inimigo sobre nossas vidas. Agora, podemos descobrir o que significa vida eterna e plena aqui, e agora. O Reino de Deus se faz visível através de Jesus e a Igreja que Ele estabeleceu.

Portanto, se não temos um tempo devocional em um momento determinado, isso não muda o amor de Deus por nós. Se acreditarmos que o amor de Deus está ligado a ler diariamente as Escrituras, então o problema é nossa compreensão da graça de Deus. Você não vai ganhar o amor de Deus, nem conseguir que Ele responda suas orações por ler mais a Bíblia, ou ser o seu filho predileto.

Portanto...

Lemos as Escrituras, porque ela contêm palavra de vida eterna. Se Jesus é a palavra de Deus incarnada, a Bíblia é a palavra de Deus escrita.

Precisamos abrir o Livro Sagrado com o desejo de conhecer a Trindade, e a história do povo de Deus. Precisamos descobrir Jesus nas suas páginas e desejar caminhar com Ele e formar parte da família de Deus, a Igreja.

A sensação que devemos sentir quando não lemos a Bíblia, não é culpa, mas a mesma sensação que temos quando estamos um tempo sem comer. Deste modo, começaremos a crescer sem perceber que estamos crescendo, conhecendo a Deus cada dia e caminhando com Jesus, o nosso Senhor.

As Escrituras são um testamento e testemunho das verdades eternas de Deus para o seu povo na terra.

Através da inspiração do Espírito Santo, as Escrituras estão cheias de vida, júbilo e plenitude em Cristo para nossa caminhada diária.

Se, até agora, temos lido as Escrituras pelos motivos errados, o primeiro passo é mudar nossa motivação. Precisamos transformar nosso entendimento e forma de agir. Não se trata dos nossos esforços, mas de uma relação profunda com Jesus... conhecer Deus a cada dia: o criador e doador de vida.

Agora, simplesmente abra a Bíblia e descubra o tesouro oculto nela: Jesus. 
.

Um comentário: