Anglicanos do Cone Sul diante da ordenação feminina

ordenação femenina

A questão da ordenação feminina continua causando situações complicadas nas igrejas anglicanas. Agora alcançou a controvérsia a "Iglesia Anglicana del Cono Sur," devido as diferentes posições existentes entre as diversas dioceses desta igreja anglicana na América Latina.


"Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu" - Hebreus 10:23


Faz só uns dias que a Diocese Anglicana do Uruguai tomou a decisão de sair da Igreja Anglicana do Cone Sul (IACS). Por que? Simplesmente, porque a Igreja Anglicana do Cone Sul, no seu recente Sínodo, não conseguiu aprovar uma moção que permitiria as dioceses ter liberdade para ordenação de mulheres ao presbiterado nas suas respectivas dioceses, se assim fosse decidido. Portanto, a Diocese do Uruguai decidiu buscar outra provincia onde pudesse ordenar mulheres.

Um fato interessante é que uma das mulheres que, provavelmente, está esperando ser ordenada ao presbiterado, é a propria esposa do bispo do Uruguai, Miguel Tamayo. Acho que todos sabemos que 1+1=2.

Talvez, a questão hoje seja onde pode ir esta diocese a buscar filiação. Sinceramente, acho que a opção obvia é a IEAB. Ao final de contas, a Diocese de Uruguai já forma parte da Região I da IEAB.

Ao mesmo tempo, a saída da Diocese do Uruguai poderia fazer pensar que a Diocese de Recife (do Bispo Cavalcanti) tivesse agora o caminho aberto para ser uma diocese extra-territorial da IACS. Ao final de contas, "o Bispo do Uruguai [...] uma vez ameaçou se transferir para a Província do Brasil (IEAB) se o Cone Sul recebesse o Recife como Diocese Extra-Territorial."

Infelizmente, acho que não vai ser difícil, porque não podemos esquecer que a Diocese de Recife tem quase 30% de presbíteros que são mulheres, e a Igreja Anglicana do Cone Sul não aceita mulheres ao presbiterado.

De fato, a saída da Diocese de Uruguai enfraquece a posição a favor de permitir as dioceses da Igreja Anglicana no Cone Sul ordenar mulheres ao presbiterado.

A Igreja Anglicana Reformada continua comprometida ao modelo bíblico e histórico de ordenar homens ao presbiterado e episcopado. Ao mesmo tempo, acreditamos que as mulheres tem um papel essencial e fundamental como os homens na Missão de Deus entregada a Igreja de Cristo.

O futuro do Anglicanismo no Brasil e no Cone Sul não se simplifica com esta decisão da Diocese de Uruguai, mas se complica em meio de muitos movimentos ao nosso redor.

Agora mais que nunca precisamos enfatizar a importância de continuar plantando igrejas anglicanas (em casas ou em qualquer local), evangelizando e fazendo discípulos para que o nome de Deus seja glorificado e o Reino de Deus seja edificado em meio nosso.

Sejamos corajosos...


.

2 comentários:

  1. Ué,pensei que a DAR ja fizesse parte do Cone Sul,eles alardeiam que fazem,mas pelo que li aqui eles não fazem? e também vi no site oficial que ela não consta lá,então porque eles alegam que fazem parte do Cone sul sem fazer oficialmente?

    ResponderExcluir
  2. Eu não lembrou exatamente "o status legal" da DR, mas eles estão sob o cuidado espiritual do Primado da Igreja Anglicana do Cone Sul. MAS se deseja mais informação, acho que você deveria falar com eles.

    ResponderExcluir